Sábado, 1 de Setembro de 2012

1º Capítulo ♥

 

Acordei com os raios de sol a baterem-me na cara, doía-me tudo, pois o Justin voltou a bater-me ontem à noite porque recusei fazer sexo com ele. Virei-me para o lado a medo, para ver se ele estava lá e não estava. Levantei-me e desci as escadas e ele não estava em lado nenhum e encontrei um bilhete em cima da mesa a dizer

 

"Fui ao supermercado, amo-te"

 

E foi nesta pessoa que ele se tornou, tanto me odeia e me espanca, como me ama e me dá muitos mimos. Eu não o percebo, ele faz-me sofrer imenso pela pessoa que se tornou e nem sequer me explica o porquê desta mudança, eu não toco nesse assunto porque tenho medo da reacção dele e que me volte a bater.

Fui tomar banho, escovei os dentes, vesti-me e desci em direcção à cozinha para ir tomar o pequeno-almoço. Acabei de comer e fui lavar a loiça que sobrou do jantar, porque ele nem me deu tempo de a lavar. Ouvi as chaves na fechadura da porta e tremi por completo, estava cheia de medo, tinha medo em que estado de humor é que ele chegaria a casa.

Ele entrou pela cozinha e pousou os sacos e começou a arrumá-los, nem um beijo me deu, e foi-se sentar no sofá, até que o oiço gritar:

 

Justin: JASMINE, PREPARA-ME UMA SANDES, ESTOU CHEIO DE FOME!
Jasmine: Espera aí, estou só a acabar de arrumar a cozinha. - Disse a medo.
Justin: EU QUERO A SANDES JÁ!
Jasmine: Não podes esperar um bocado se faz favor?

 

Nesse momento ouvi ele a vir na minha direcção e virou-me contra ele e apertou-me o braço:

 

Justin: Não me faças perder a paciência contigo! Ou queres que te aconteça o que aconteceu ontem à noite?!
Jasmine: Justin! Estás a magoar-me imenso!
Justin: Então prepara-me já uma sandes!
Jasmine: Está bem, está bem!

 

Ele largou o meu braço e foi-se sentar novamente na sala, e eu fui fazer a sandes que ele me tinha pedido. Quando cheguei ao pé dele, dei-lhe o prato com a mão a tremer e ele de seguida deu-me um beijo.

Eu saí dali e fui acabar de arrumar a cozinha. Quando acabei, sentei-me numa cadeira e ele chamou-me, eu fui ter com ele e ele puxou-me para o colo dele e começou a fazer festas na minha cara e a acariciar o meu cabelo e a beijar-me, tinha medo do que ele pretendia, mas ficamos só por ali.

 

Jasmine: Porque me fazes isto?
Justin: O quê? Não gostas que te dê mimos?

Jasmine: Não é disso que estou a falar. - Disse a medo.

Justin: Então? - Disse confuso.

Jasmine: Se me amas, porque me bates? Explica-me, eu não entendo.

Justin: Não interessa. Eu amo-te, isso não chega?

Jasmine: Então não me batas, estou farta disso.. Não te lembras o que éramos à 7 meses atrás? Andamos à 1 ano e agora estamos nisto.. O que se passou, Justin? Nunca me explicaste.

Justin: Fodasse, estás-me a irritar! - Tirou-me do colo dele.

 

Eu nesse momento fiquei calada e escorreu uma lágrima pelo meu rosto e ele foi para o jardim. Eu fui à janela observá-lo e reparei que ele estava a chorar, e fui ter com ele.

 

Jasmine: Porque estás a chorar?

Justin: Não interessa, deixa-me sozinho!

Jasmine: Só te quero ajudar, Justin! Porra, eu amo-te!

Justin: Baixa o tom, não estás a falar com as tuas amigas!

Jasmine: Como queiras! - Entrei dentro de casa.

 

(Continua...) 

publicado por ritar às 15:26
link | comentar | favorito